1949

Prefeitura Municipal de Várzea do Poço

Pular para o conteúdo

O Ministério da Saúde orientou os Municípios quanto ao estoque da vacina.

Fonte: ASSECOM
09/07/2018 às 09h28

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O Ministério da Saúde orientou os Municípios que ainda têm estoque da vacina de gripe após o término da Campanha Nacional de Vacinação a ampliar a indicação da dose para crianças que tenham entre 5 e 9 anos de idade, além de adultos entre 50 e 59 anos.

A Campanha Nacional de Vacinação foi encerrada na última sexta-feira, 22 de junho. De um total de 54,4 milhões de pessoas, 45,8 milhões foram imunizadas. A campanha chegou ao fim sem que a meta inicial do Ministério da Saúde fosse atingida: 8,6 milhões de pessoas dos grupos indicados pelo Governo não foram vacinadas, de acordo com ultimo balanço divulgado.

O país já contabiliza 44 mortes de menores de 5 anos por complicações relacionadas à gripe, mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado. Até o momento, 3,6 milhões de crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos ainda não foram imunizadas.

Durante a campanha foram estabelecidos grupos prioritários sendo eles: pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses aos menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas - e os funcionários do sistema prisional. A escolha dos segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) que indica esses grupos devido a estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. Agora, a recomendação é que as doses sejam disponibilizadas também para outros públicos.

O Ministério da Saúde esclareceu, também, que os estados e municípios têm autonomia para manter a campanha caso queiram e achem necessário.